Projeto de lei exige merenda saudável nas escolas brasileiras

Se aprovado, instituições públicas e privadas terão que adaptar o cardápio

Por Minha Vida - publicado em 02/09/2009


Coxinha, hambúrguer e outros alimentos gordurosos estão com os dias contados na hora do recreio e almoço das escolas. Um projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados, em Brasília, quer obrigar escolas públicas e privadas do ensino infantil e fundamental (até 14 anos) a oferecerem apenas alimentos saudáveis nas cantinas e merendas de todo o país.

O objetivo da proposta é diminuir os altos índices de obesidade infantil no país. O texto do projeto ainda não definiu o que será ou não proibido, mas para o Conselho Federal de Nutricionistas, alimentos com muito sal, gordura ou açúcar e, principalmente, industrializados deveriam ser vetados.

Se o projeto for aprovado, salgados fritas, balas e refrigerantes podem ficar no passado do lanche nas escolas e o intervalo da criançada ficará mais saudável.



Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

siga o minha vida e melhore sua qualidade de vida

Saiba mais

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."